quarta-feira, 25 de maio de 2016

O MÉDICO SÁVIO HOLANDA AMARO


O Médico Dr. Sávio Holanda Amaro é filiado ao PSD de Nova Russas. O Partido se orgulha de ter esse cidadão como filiado, que há 25 anos vem prestando serviços a Nova Russas.

Dr. Sávio, como é conhecido na cidade, é uma pessoa que Nova Russas reconhece como um grande profissional.

Brasão Nacional Justiça Eleitoral
Tribunal Superior Eleitoral
Certidão

Certifico que, de acordo com os assentamentos do Sistema de Filiação Partidária e com o que dispõe a Res.-TSE nº 23.117/2009, o eleitor abaixo qualificado ESTÁ REGULARMENTE FILIADO.
  • Nome do Eleitor: SAVIO HOLANDA AMARO
  • Inscrição: 023065310710

Dados da Ocorrências de Filiação Partidária

Partido UF Município Data de Filiação
1 PSD CE NOVA RUSSAS 30/03/2016

Certidão emitida às 17:24:15 de 25/05/2016

Esta certidão de filiação partidária é expedida gratuitamente e os dados nela contidos refletem os registros oficiais de filiação, na forma da lei. Sua autenticidade poderá ser confirmada na página do Tribunal Superior Eleitoral na Internet, no endereço: http://www.tse.gov.br, por meio do código de autenticação: 6INX.5YNY.ONQN.JJ/W

terça-feira, 17 de maio de 2016

CURTAS E VERDADEIRAS



- Major Evandro, Marcos Alberto e Júnior Mano esses são oposição em Nova Russas. Pode apostar.

- E o dinheiro da CIDE usado para pagamento de pessoal  .............

- E o da Energia Pública está sendo usado todo mês também???.......

- Nova Russas tem funcionário "dose dupla", faz um ganha dois ......

- Acácio Júnior é o nome a Prefeito do Acácio nas eleições 2016, pode apostar?????.............

- Aposto em três candidatos a Prefeito,  e você ???? ....................

 - Um deles eu tenho certeza, e da oposição................................

- Pode sair uma chapa para Prefeito de Nova Russas com dois advogados previdenciários .................................

-  E Nova Russas já saiu da UTI ??????...............

- E o esporte de Nova Russas ??????.........................

ALA PETISTA QUER VETAR COLIGAÇÃO COM PARTIDOS QUE APOIAM IMPEACHMENT DE DILMA

Ala petista quer vetar coligação com partidos que apoiam impeachment de Dilma

charge dilma
Uma ala do PT quer proibir que a sigla se alie, nas próximas eleições, com partidos que fecharam questão pró-impeachment de Dilma Rousseff.

A tese será debatida nas reuniões do PT que acontecem nesta semana. Nesta terça-feira, haverá encontro do diretório nacional petista.

(Coluna Radar, da Veja Online)

domingo, 15 de maio de 2016

BLOG DO PROFESSOR TIM

Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e blogueiro.

Artigo do Professor Tim sobre a força da Família Martins/Pontes na politica da Zona Norte.

Família Martins/Pontes vai disputar prefeituras de 4 cidades da Zona Norte!
Família das mais tradicionais de nossa região e das mais políticas, a poderosa Família Martins/Pontes vai disputar 4 prefeituras da Zona Norte do Ceará. O ex prefeito Sávio Pontes, hoje filiado ao PSD de Domingos Filho vai disputar novamente a Prefeitura do Ipu, tendo como provável vice o jovem Diego Carlos -filho dos ex prefeitos Zezé Carlos e Toinha.
Dois primos de Sávio Pontes também vão disputar prefeituras na região. Filho do ex prefeito Torrim e da Ex-prefeita Corrinha,  o jovem José Augusto (PSDB), primo de Sávio, é o nome das oposições em Pires Ferreira para derrubar a oligarquia que o Zezão da Manaiara montou em Pires Ferreira, por meio de sua filha e prefeita: Marfisa Aguiar.
Já em Jijoca de Jericoacoara, um dos paraísos e uma das mais praias mais bonitas do mundo, outro primo de Sávio, Lindberg, também pelo SD, é outro nome da família Martins/Pontes com chances de conquistar mais uma prefeitura. 
Lindberg tem na sua pré-candidatura muitos partidos e uma boa base popular.
E em Nova Russas, para quem não sabe ainda, Marcos Alberto, que  é tio de Sávio, vai disputar pela terceira vez a Prefeitura de Nova Russas, agrupando, a si, alguns partidos fortes e uma boa base de candidatos a vereadores. Marcos Alberto está mais forte em 2016.
Caso conquiste as quatro prefeituras que vão disputar, os Martins/Pontes podem eleger um deputado estadual e até um deputado federal em 2018. 
Fazendo as pontes para o futuro político!
__________________________________________
Autor do artigo: Professor Tim é cientista político e blogueiro.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Campanha de vacinação contra a febre aftosa segue até o dia 31 de maio

AftosaA Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) iniciou, no último dia 2, a campanha de vacinação contra a febre aftosa. O prazo para registro de vacinação termina no dia 31 de maio. Será cobrada uma multa de R$ 18,47 por animal, para aqueles criadores que não registrarem e confirmarem a vacinação. Para registrar a vacinação é preciso ir até os escritórios da Adagri, Ematerce ou Secretarias de Agricultura dos municípios, levando a nota da compra da vacina e a relação dos animais vacinados por faixa.

Para o coordenador estadual da vacinação, Joaquim Sampaio, a expectativa é que a imunização ultrapasse 95%. As vacinas estão disponíveis nas revendas de produtos veterinários. Após a imunização, os criadores devem declarar em um dos escritórios da Adagri ou Ematerce.

O Governo do Estado também firmou parceria com as Secretarias de Agricultura dos municípios para que seja feita a declaração. O produtor que não vacinar e não declarar vai ficar impedido de tirar a Guia de Trânsito Animal (GTA), que garante o deslocamento do animal para outras localidades.

O presidente da Adagri, Augusto Júnior, ressalta a importância da vacina. “Quando o produtor vacina, o rebanho fica sadio. Quem não vacinar terá que pagar multa, será autuado e até a situação se regularizar a propriedade ficará interditada, sendo proibido o trânsito de animais. É um transtorno grande, por isso pedimos o apoio dos produtores que não deixem de vacinar e declarar a vacinação”, reforçou o presidente.
O Estado do Ceará é reconhecido internacionalmente, desde 2014, como área livre de febre aftosa com vacinação, o que amplia a possibilidade de negócios com outros estados e países.

Sobre a febre aftosa
A febre aftosa é uma enfermidade altamente contagiosa que atinge a todos os animais de casco fendido, principalmente bovinos, bubalinos, suínos, ovinos e caprinos e, devido seu grande poder de difusão, pode interferir no comércio estadual, interestadual ou internacional de animais, seus produtos e subprodutos e causar prejuízos à economia do Estado.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Suíça diz que devolverá dinheiro de Cunha se ele for condenado

eduardo cunhaO Ministério Público da Suíça informou nesta manhã que poderá devolver ao Brasil o dinheiro do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, bloqueados desde 2015. Mas, para isso, Cunha terá de ser condenado nos processos que correm no País, com o confisco definitivo do dinheiro.

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal o afastou de suas funções, atendendo a um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Cunha é ainda réu em uma ação penal no Supremo, além de responder a uma denúncia e a três outros inquéritos em investigações relacionadas com a Operação Lava Jato.

Segundo o MP em Berna, o Brasil “solicitou assistência legal para congelaras contas de Cunha”. Apesar de não especificar quando o pedido foi feito, a procuradoria indica que o pedido realizado por Brasília foi atendido. “Os ativos foram congelados”, afirmou a procuradoria, por meio de sua assessoria de imprensa.
“Agora, os ativos continuam bloqueados até que haja uma decisão das autoridades brasileiras ou sua liberação por uma corte brasileira”, explicou. “Apenas depois de uma sentença definitiva de confisco é que os ativos poderão ser enviados ao Brasil”, completou a nota.

Mais de US$ 120 milhões em ativos suspeitos encontrados em contas na Suíça foram já devolvidos. No final de outubro de 2015, o ministro Teori Zavascki determinou a transferência do dinheiro da Suíça para o Brasil, num volume de cerca de 2,5 milhões de francos suíços (R$ 8,6 milhões).
No final de 2015, o Ministério Público (MP) da Suíça afirmou que transferiu ao Brasil, “de forma definitiva”, todos os documentos e detalhes de contas bancárias encontradas em nome do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Cunha chegou a abrir um processo na Justiça suíça para impedir o envio da documentação. Mas, em duas instâncias diferentes, foi derrotado. “Uma queixa contra a transferência do processo criminal ao Brasil foi rejeitada pelo Tribunal Penal Federação e pela Suprema Corte Federal”, indicou o MP.
“Portanto, a investigação criminal foi transferida de forma definitiva às autoridades brasileiras”, apontou a Procuradoria. “Nenhuma outra relação bancária de E. Cunha na Suíça é conhecida pelo Escritório do procurador-geral”, completou. Na Suíça, papéis revelaram que Cunha mantinha contas, com a mulher e filha também como beneficiárias dos ativos.

Ele nega e aponta que era apenas usufrutuário dos valores. Em 36 depósitos, o ex-presidente da Câmara ainda teria recebido R$ 52 milhões em bancos na Suíça e Israel. A informação não foi comentada pelo MP em Berna. Os suíços, ainda assim, confirmaram que abriram “um processo criminal contra Eduardo Cunha, com base em suspeitas de lavagem de dinheiro, em sequência ampliada para corrupção passiva”.
Os suíços voltaram a confirmar que, “em abril de 2015, a Procuradoria recebeu um informe de lavagem de dinheiro de um banco suíço”.

“Após a abertura do processo, os ativos de Eduardo Cunha foram congelados”, indicou o MP. A Procuradoria também explicou o motivo pelo qual optou por transferir o caso ao Brasil. “Como Eduardo Cunha é um cidadão brasileiro, ele não pode ser extraditado para a Suíça”, afirmou.
“Por esse motivo, a Procuradoria enviou um pedido de transferência do processo contra E. Cunha ao Brasil com o objetivo de assegurar que a questão seja investigada e julgada pelas autoridades judiciais brasileiras”, afirmou o MP do país.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Beira Mar ganha mais segurança com inauguração de central de monitoramento

13164344_1759511707614748_750271152493982015_nO Governo do Estado e a Prefeitura de Fortaleza entregaram, na manhã desta sexta-feira (6), três equipamentos de segurança e atendimento, na Avenida Beira Mar, em Fortaleza. Considerado como um dos principais cartões-postais de Fortaleza, a orla recebe agora postos de policiamento e atendimento ao turista, além de uma nova Central de Monitoramento no Novo Mercado dos Peixes.

“Não vamos conseguir mudar a realidade da segurança pública sozinhos, pois é preciso trabalharmos na prevenção. Começamos isso já no grande Vicente Pinzon, com uma forte presença do Estado. São ações e equipamentos de serviços garantindo o acesso básico a cultura, esporte, urbanização, entre outros. Isso faz parte de um plano de segurança, mas também de cidadania em uma das áreas mais lindas e privilegiadas do nosso Estado”, ressaltou o governador Camilo Santana que, anteriormente, havia visitado os dois postos de policiamento na Beira Mar, localizados na antiga Casa do Turista, em frente ao Coco Bambu e o segundo, em frente ao Náutico.

Os postos servirão de ponto fixo e apoio na área para a Polícia Militar e Guarda Municipal. Além do serviço de atendimento ao turista, oferecido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor), com informações bilíngues e internet.

Para o prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio, a iniciativa traz impactos não só na melhor recepção dos moradores e turistas, mas principalmente na economia gerada com o ponto turístico. “A Beira Mar é um dos nossos principais patrimônios naturais. É onde se gera também grande parte dos empregos e renda da Capital e do Estado. A Beira Mar não diz respeito de quem só vive nela, mas também a todos da cidade. É um ponto de lazer democrático e, boa parte do sucesso do local depende de uma orla moderna, segura e cidadã”, reforçou.

Centro de Monitoramento na Beira-Mar
Ao final, o governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Claudio inauguraram a Central de Monitoramento da Beira Mar, localizado no Novo Mercado dos Peixes. O sistema de monitoramento conta com 30 câmeras “speed dome”, que possuem função giratória, com alcance de até 300 metros e que perfazem um giro de 360 graus. Os equipamentos serão distribuídos entre a orla da Praia de Iracema até a Beira Mar, no Mucuripe, compreendendo 6 km. As imagens serão acompanhadas 24 horas, em tempo real.
A Central vai contar com, no mínimo, quatro profissionais acompanhando as câmeras por 24 horas – dois analistas de imagens, um policial militar e um guarda municipal – todos com radiocomunicação direta com a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Além dos profissionais do equipamento, o policiamento segue na região através do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) e das demais companhias da segurança pública e Guarda Municipal.

Segundo o secretário Delci Teixeira, da Segurança Pública e Defesa Social, os equipamentos inaugurados trarão ainda mais o conforto e a sensação de segurança para um dos locais mais visitados da Capital. “Isso só foi possível graças a uma importante parceria e compreensão de diversos órgãos e iniciativa privada. Certamente, este equipamento para toda essa região terá um grande valor e significado. A ideia é que, com a parceria ainda mais abrangente, possamos ter acesso a outras câmeras de hóteis, pousadas, albergues, entre outros”, adiantou o secretário.

Os equipamentos são frutos da parceria do Governo do Estado, através da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), ligada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setfor); e iniciativa privada, através da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-CE).
Participando da inauguração, também estiveram presentes o secretário de Estado Arialdo Pinho (de Turismo); o secretário municipal de Fortaleza, Erick Vasconcelos; o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – Ceará (ABIH-CE), Darlan Teixeira, além de vereadores, moradores, pescadores e turistas que visitavam o local.

domingo, 8 de maio de 2016

PARABÉNS AS MÃES


image
Hoje, dia das mães, é bom lembrar que as mulheres mandam no mundo. Os filhos jamais deixam de ouvir suas mães. Elas são influentes.
Além dos parabéns pela data, as mães merecem o abraço carinhoso e a gratidão por nos ter dado a vida, ter colocado no mundo seres humanos capazes e tudo. Na maioria gente do bem.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

    

Ministro do STF afasta Eduardo Cunha do mandato de deputado federal

Eduardo Cunha poderá ser substituído por outro investigado na Lava Jato
Eduardo Cunha do mandato de deputado federal e Waldir Maranhão (PP-MA), outro investigado na Lava Jato, assumirá seu lugar.

Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal, determinou nesta quinta-feira, 5, o afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato de deputado federal.

O ministro apontou 11 situações que comprovariam o uso do cargo pelo deputado para "constrager, intimidar parlamentares, réus, colaboradores, advogados e agentes públicos com o objetivo de embaraçar e retardar investigações."

O afastamento de Eduardo Cunha do mandato de deputado federal, e por consequência da presidência da Câmara do Deputados,coloca em seu lugar Waldir Maranhão (PP-MA), que, como Cunha, também está na lista do procurador geral da República, Rodrigo Janot, como suspeito de envolvimento no esquema bilionário

CADÊ A TRANSPARÊNCIA???????????????

Nova Russas até hoje (05/05/2016) não entregou o relatório do SIM referente ao mês de março/2016.

Relatórios do SIM - dados entregues e importados

  Município: Nova Russas
  jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez
Versões do orçamento* - 2016
00
- - - - - - - - - -
CAMARA MUNICIPAL 19-03 2016
A
23-03 2016
P
19-04 2016
P
-
-
-
-
-
-
-
-
-
PREFEITURA MUNICIPAL 19-03 2016
A
29-03 2016
P
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
Servico Autonomo de Agua e Esgoto 21-03 2016
A
30-03 2016
P
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-

LEGENDA
P Documentação entregue e importada dentro do prazo e não alterado por processo de Acréscimo ou Atualização.
A Documentação entregue e importada com atraso ou alterada de P para A em virtude de processo de Acréscimo ou Atualização.
* As datas de Versão do Orçamento são baseadas nos Balancetes de Despesas Orçamentárias IMPORTADOS - A Prefeitura Municipal é a única responsável pela criação de novas versões do orçamento.

* Estas informações servem como guia, porém não indicam se as Unidades Orçamentárias com entrega independente (incluindo a Câmara Municipal) estão utilizando a VERSÃO CORRETA do orçamento em cada mês.

* As Unidades que não seguirem a versão do orçamento da Prefeitura estarão incorrendo em erro, o que impedirá a correta importação dos dados do SIM.

* Em algumas raras ocasiões, a versão do orçamento constante da tabela acima pode parecer retroativa (ex.: apareceu um '200200' após um '200201'). Tal se dá quando a Câmara Municipal ou outra Unidade Orçamentária com entrega independente NÃO está seguindo a versão do orçamento estabelecida pela Prefeitura, e esta não enviou a documentação mensal em algum mês posterior à nova versão criada.

terça-feira, 3 de maio de 2016

A TOCHA OLÍMPICA JÁ ESTÁ NO BRASIL!
Coube a Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Rio-2016, a honraria carregá-la ao descer do avião. ( Divulgação/Rio-2016 )
A tocha olímpica já está no Brasil. Na manhã desta terça-feira o fogo "sagrado" que foi aceso em Olímpia, na Grécia, finalmente chegou ao País, em lanternas de segurança protegida por seis "guardiões". Agora ela começará um roteiro de 95 dias por 327 cidades pelo território nacional. Coube a Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Rio-2016, a honraria carregá-la ao descer do avião que foi fretado para trazer a tocha.

O voo partiu de Genebra, na Suíça, com as lâmpadas que foram acesas com o fogo da pira olímpica que estava no gramado do Museu Olímpico, em Lausanne. Colocadas em suportes e amarradas com cintos de seguranças especiais, elas ocuparam assentos na parte da frente do avião e a sua volta estavam guardiões treinados especialmente para manter a chama acesa.

O voo foi tranquilo e entrou no espaço aéreo brasileiro no horário previsto. Ao se aproximar de Brasília, a aeronave teve a companhia de dois caças F5 da Força Aérea Brasileira, e sobrevoou a cidade. Depois, aterrissou no aeroporto na capital federal após o dia já ter raiado, por volta de 7h25 da manhã. Nuzman então pegou uma das lâmpadas, desceu as escadas do avião e posou para fotos e imagens.
"Tantos brasileiros vão poder carregar a tocha e escrever na história de suas vidas isso. É um momento de felicidade muito importante", afirmou o dirigente, ciente de que 12 mil condutores vão se revezar carregando a tocha, que começa nesta terça uma jornada que passará por todos os estados e capitais do Brasil, além dos principais pontos turísticos.

No desembarque, estava presente ainda Rodrigo Rollemberg, governador do Distrito Federal, e Ricardo Leyser, ministro do Esporte, entre outras autoridades. Agora a próxima parada da tocha será no Palácio do Planalto, quando às 10h30 haverá uma cerimônia com a presidente Dilma Rousseff, que acenderá a tocha e passará a chama para a jogadora de vôlei Fabiana, bicampeã olímpica, escolhida para ser a primeira pessoa a carregar a tocha olímpica no revezamento no Brasil.

A atleta vai descer a rampa do Palácio do Planalto, percorrer cerca de 300 metros, e então passará o bastão para o pesquisador Artur Ávila Cordeiro de Melo. Entre os dez primeiros condutores estão nomes como o de Gabriel Medina, primeiro brasileiro campeão mundial na elite do surfe, a boxeadora Adriana Araújo, a jogadora de vôlei Paula Pequeno e o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima.
Eduardo Cunha!
Cunha-e-RenanCom a iminente chegada do vice Michel Temer à Presidência da República, a linha sucessória do País será formada por dois políticos que, juntos, respondem a, pelo menos, 18 pedidos de investigação no Supremo Tribunal Federal.
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já é réu em uma ação penal no Supremo, além de responder a uma denúncia e a três outros inquéritos no contexto da Operação Lava Jato. Ontem, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao STF que abrisse mais uma linha de investigação contra Cunha, com base na delação do senador Delcídio Amaral (sem partido–MS).
Já o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), responde atualmente a 12 inquéritos no Supremo, nove deles relacionados às investigações sobre o esquema de corrupção da Petrobrás, um relativo à Operação Zelotes além de dois que apuram irregularidades no pagamento da pensão de uma filha que o senador teve um relacionamento extraconjugal.

Se o impeachment da presidente Dilma Rousseff for aprovado pelo Senado, Cunha se tornará o segundo na linha sucessória e deve, eventualmente, assumir o cargo quando Temer estiver fora do País. Tanto ele quanto Renan são do mesmo partido de vice, o PMDB.
A possibilidade de uma pessoa que já responde a uma ação penal assumir a Presidência tem agitado o meio jurídico. Na semana passada, o ministro do STF Teori Zavascki reconheceu que vai levar esse debate ao plenário da Corte para ser feito com a discussão sobre o pedido de afastamento de Cunha do comando da Câmara.

A saída do peemedebista do cargo foi pedida em dezembro do ano passado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Desde então, o processo está parado no Supremo, mas começa a circular no tribunal a informação que Teori poderia liberar o caso para a pauta em breve.
Já há quem reconheça dentro do Supremo que ministros possam usar o impedimento de Cunha para assumir a Presidência como argumento para votar a favor do afastamento do peemedebista do cargo. Em março, Cunha se tornou o primeiro parlamentar réu em uma ação na Lava Jato, pelo suposto recebimento de propina em contratos de navios-sonda com a Petrobrás.
Apesar de responder a mais inquéritos que Cunha, esse debate não atinge diretamente Renan, que seria o terceiro na linha sucessória, porque ele ainda não foi transformado em réu em nenhuma das 12 ações que tramitam no Supremo.

Debate
Nas últimas semanas, o ex-ministro do Supremo Carlos Ayres Britto tem defendido a tese de que a condição de réu é incompatível com a de presidente da República. Ele argumenta que o artigo 86 da Constituição estabelece que o presidente deve ser afastado do cargo caso se torne réu em uma ação do Supremo. Por isso, questiona: “Se uma pessoa já está sob essa condição, poderia vir a assumir a Presidência?”.

“A dúvida posta tem razão de ser. Se o presidente da República, uma vez recebida a denúncia pelo Supremo, fica afastado da função, então é perfeitamente razoável que se indague se isso atingirá também o substituto eventual”, argumenta Sepúlveda Pertence, que também já ocupou uma cadeira no STF.
Já o jurista Ives Gandra Martins argumenta que, enquanto Cunha não for afastado do cargo, ele continua na linha sucessória. “Quem está no exercício do cargo, exerce em toda a sua plenitude.” Esse também é o entendimento do ex-ministro do Supremo Carlos Velloso. “Se ele está no exercício da presidência da Câmara, pela Constituição, ele pode assumir a Presidência”, disse.

Defesa
A assessoria de Renan afirmou que é “zero a chance de as investigações apontarem qualquer impropriedade do senador”. Já a assessoria de Cunha não respondeu à reportagem até a conclusão desta edição.
“Se o presidente, uma vez recebida a denúncia pelo STF, fica afastado, então é razoável que se indague se isso atingirá o substituto”, Sepúlveda Pertence.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

MAIS e MAIS

PGR pede ao STF instauração de 6º inquérito contra Cunha e 2º contra Edinho


cunha janot edimho 
A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu a instauração de novos inquéritos contra o ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência, Edinho Silva, e o presidente de Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Caso o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Corte, aceite o pedido da PGR sobre esses novos inquéritos, será o segundo que tem Edinho Silva como alvo e o sexto contra Cunha. Os novos pedidos têm como base o depoimento do senador Delcídio Amaral (sem partido – MS) em delação premiada no âmbito da Lava Jato.

No acordo com o Ministério Público, Delcídio informou que Edinho então tesoureiro da campanha da presidente Dilma Rousseff em 2014, “esquentou” doações provenientes da indústria farmacêutica com notas frias e o orientou a fazer o mesmo para saldar R$ 1 milhão de dívida de sua campanha. Já Cunha, segundo o senador, teria se beneficiado em um esquema de propina de Furnas, estatal em que o peemedebista exercia influência em uma de suas diretorias. De acordo com Delcídio, o esquema foi o início do conflito entre a presidente e o peemedebista.

Além da investigação que poderia ser iniciada após a solicitação da PGR, Edinho Silva já é investigado em um procedimento sobre doações de campanha com dinheiro desviado do esquema de corrupção da Petrobras.

Cunha, réu em um processo, também já foi denunciado pela PGR nas investigações sobre a manutenção de contas irregulares na Suíça, e é investigado por ter recebido propina desviada das obras do Porto Maravilha, no Rio, e por favorecer o banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, na tramitação de emendas e medidas provisórias na Câmara.

Outro lado

Em nota, Edinho afirmou ser favorável à apuração dos fatos e se defendeu das acusações de Delcídio, chamando-as de “mentiras escandalosas”. “Jamais orientei o senador a ‘esquentar’ doações, jamais mantive contato com as mencionadas empresas, antes ou durante a campanha eleitoral. As doações para a campanha de Dilma Rousseff em 2014 estão todas declaradas ao Tribunal Superior Eleitoral, bem como seus fornecedores”, disse. A defesa de Cunha informou que não foi notificada sobre este novo procedimento.

O pedido da PGR contra Edinho e Cunha se soma a outras petições para que a Suprema Corte instaure investigações contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o deputado Marco Maia (PT-RS) e o ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU). Todos foram citados por Delcídio em delação premiada.